domingo, 4 de novembro de 2012

São Carlos Borromeo


São Carlos cujo nome significa "homem prudente" foi um dos Santos extraordinariamente ativos a favor da Igreja e do povo que se sobressai admiravelmente. São Carlos Borromeo, um santo que levou muito a sério aquela frase do Jesus: "Quem economiza sua vida, perde-a, mas o que gasta sua vida por Mim, ganhará", morreu relativamente jovem porque desgastou totalmente sua vida e suas energias por fazer progredir a religião e por ajudar aos mais necessitados. Dizia que um bispo muito cuidadoso de sua saúde não consegue chegar a ser santo e que a todo sacerdote e a todo apóstolo devem lhe sobrar trabalhos para fazer, em vez de ter tempo de sobra para perder.
Nasceu em Arjona (Itália) em 1538. Desde jovem deu sinais de ser muito consagrado aos estudos e exato cumpridor de seus deveres de cada dia. Aos 21 anos obteve o doutorado em direito na Universidade de Milão. Um irmão de sua mãe, o Cardeal Médicis, foi nomeado Papa com o nome de Pio IV, e este admirado de suas qualidades nomeou Carlos como secretário de estado. Mais tarde, renunciou a suas riquezas, ordenou-se de sacerdote, e logo depois bispo e se dedicou por completo ao trabalho de salvar almas.
São Carlos fundou 740 escolas de catecismo com 3,000 catequistas e 40,000 alunos. Fundou além 6 seminários para formar sacerdotes bem preparados, e redigiu para esses institutos uns regulamentos tão sábios, que muitos bispos os copiaram para organizar segundo eles seus próprios seminários. Foi amigo de São Pio V, São Francisco da Borja, São Felipe Neri, São Félix de Cantalicio e São André Avelino e de vários Santos mais.
Morreu quando tinha apenas 46 anos, em 4 de novembro de 1584. Em Arona, sua cidade natal, foi levantada uma imensa estátua que ainda existe.

1 comentários:

Claudia de Jesus Pinheiro disse...

Olá Ronei!
Estou passando para lhe visitar! Seu blog está muito bonito. Deus te abençoe na sua missão de evangelizar!

Paz de Cristo!